Chaves



Localização no Mapa

Permitir Localização


Sugestões

Descrição

Atravessando o rio Tâmega, a ponte romana é uma das imagens mais características da cidade. O castelo do século XIV alberga o Museu Arqueológico e de Epigrafia. Os fortes de São Francisco e de São Neutel (século XVIII), a Igreja da paróquia (de origem românica) e a Igreja da Misericórdia (Barroco) merecem uma visita. Repare nas janelas originais das casas da Rua Direita.

O concelho de Chaves é muito antigo e prova disto são diversos vestígios da pré-história (dos períodos neolítico e do calcolítico 3000 ac)

Os povos que mais se destacaram foram os romanos, que construíram muralhas à volta do aglomerado populacional, construíram a majestosa ponte de Trajano, fomentaram o uso das águas medicinais implantando balneários Termais e exploraram minérios, filões auríferos e outros recursos naturais.

No ano 79 d.C, o atual território da cidade de Chaves foi elevado à categoria de Município, passando a designar-se Aquae Flaviae, ou seja, Água Flávia em homenagem ao imperador Tito Flávio Vespasiano Augusto e à excelência das águas termais.

Hoje esta cidade criou um projeto pioneiro ao nível da Península Ibérica, o projeto Eurocidade Chaves-Verín, sendo um novo modelo de cooperação entre estas 2 cidades, tanto a nível económico, como a nível turístico e social.

Conhecida como a “capital do Alto Tâmega”, Chaves é considerada como destino gastronómico de excelência devido a continuarem a apostar nos produtos tradicionais com grande qualidade. Os destaques vão para os enchidos (salpicão, linguiças, alheiras), o presunto, os pastéis de Chaves (feitos com massa folhada e carne), a carne barrosã, as migas à Transmontana, papos de anjo, o caldo a trasmontana, a feijoada à transmontana, o cozido transmontano e o folar de Chaves (espécie de pão cozido com carnes).

Para quem gosta de história, de natureza e de boa mesa, nada melhor do que visitar esta cidade que tem tantos encantos para serem descobertos.

Como Chegar



DE CARRO

OBTER DIREÇÕES

Do Porto a melhor maneira é pela A3 até ao nó de Guimarães e depois tome a A7 até Vila Pouca de Aguiar e, em seguida, tomar a A24.
A partir de Vigo o acesso é feito através da A55 até ao nó de Porriño e seguido por A52.

 

DE COMBOIO

CONSULTAR AQUI

A estação de comboios mais próxima é em Gudiña (Espanha) cerca de 30 km de Verín.

 

LINHA AEREA MAIS PRÓXIMA

A Eurocidade é menos de 3h00 de 5 aeroportos internacionais (A Coruña, Porto, Santiago de Compostela, Vigo, Valladolid) e 4h30 do aeroporto internacional de Barajas (Madrid).

Os aeroportos mais próximos, o aeroporto do Porto tem o maior número de conexões, seguido pelo aeroporto de Santiago de Compostela, que é 2h00 de Verín.

 

Aeroporto Francisco Sá Carneiro

CONSULTAR AQUI

https://www.portugalplease.com/uploads/imagens/porto.jpg

Localização
Aeroporto Francisco Sá Carneiro
Pedras Rubras - Moreira
4470-558 Maia
 
Coordenadas: 41º 14' 15'' N / 8º 40' 13'' O
Contacto
Telefone: +351 229 432 400

 

Vigo - Aeroporto de Vigo

CONSULTAR AQUI

https://www.portugalplease.com/uploads/imagens/vigo.jpg

Localização: Vigo - Espanha

Serviço de Informação Aena: +34 902 404 704

 

Compostela - Aeroporto de Compostela

CONSULTAR AQUI

https://www.portugalplease.com/uploads/imagens/compostela.jpg

Localização: Santiago de Compostela - Espanha

 

Lisboa - Aeroporto Humberto Delgado

CONSULTAR AQUI

https://www.portugalplease.com/uploads/imagens/800px-aeroporto_de_lisboa_1_.jpg

Localização: 
Alameda das Comunidades Portuguesas, 
1700-111 Lisboa
+351 218 413 500

O que Visitar

Castelo de Chaves

Castelo e Torre de Santo Estevão

Castelo Monforte de Rio Livre

Forte de São Neutel

Forte e Convento de São Francisco

Igreja de São João Baptista

Ponte Romana de Trajano

Torre de Menagem do Castelo de Chaves

Gastronomia

-Pastel de Chaves

-Folar de Chaves

-Presunto de Chaves

-Alheira

-Linguiça

-Chouriça de cabaça

-Salpicão

-Bucheira